Warning: mysqli::__construct(): (HY000/1045): Acesso negado para o usuário 'caet01'@'10.15.60.46' (senha usada: SIM) in D:\web\localuser\caet\www\includes\db_connect.php on line 5 Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at D:\web\localuser\caet\www\includes\db_connect.php:5) in D:\web\localuser\caet\www\includes\functions.php on line 45 Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at D:\web\localuser\caet\www\includes\db_connect.php:5) in D:\web\localuser\caet\www\includes\functions.php on line 45 Warning: session_regenerate_id(): Cannot regenerate session id - headers already sent in D:\web\localuser\caet\www\includes\functions.php on line 47 Caet
Fontes de Energia Alternativa

A energia elétrica é fundamental para o desenvolvimento dos países e a qualidade de vida das pessoas. Quanto mais os países se desenvolvem, mais se torna necessário aumentar a produção de energia. Ao mesmo tempo, também é preciso preservar o meio ambiente, utilizando com consciência os recursos naturais. Por isso, além de ampliar a capacidade de geração de energia elétrica melhorando o aproveitamento de fontes convencionais, também é necessário desenvolver tecnologias para a utilização de novas fontes energéticas – as chamadas fontes alternativas de energia.

Energia eólica

A energia dos ventos, conhecida como eólica, é utilizada há muitos anos, para realizar trabalhos como bombear água e moer grãos. Recentemente, passou a ser considerada uma das mais promissoras fontes alternativas de energia.

Em uma usina eólica, a conversão da energia é realizada por meio de um aerogerador, ou seja, um gerador de eletricidade acoplado a um eixo que gira com a força do vento nas pás da turbina. Para isso, os ventos precisam ter velocidade média anual superior a 3,6 metros por segundo. Além disso, as turbinas eólicas podem ser utilizadas em conexão com redes elétricas já existentes ou em lugares isolados.

No Brasil, alguns parques eólicos já estão em funcionamento e outros devem entrar em operação nos próximos anos. A Eletrobras, por meio de suas empresas, tem participação em empreendimentos nas regiões Sul e Nordeste. Um deles é a Central Geradora Eólica Casa Nova, na Bahia. Outro exemplo é o Complexo Eólico Cerro Chato, no Rio Grande do Sul, na fronteira com o Uruguai.

Energia Solar

O Brasil é conhecido mundialmente pela exuberância da natureza encontrada no seu vasto território. Possui uma das biodiversidades mais ricas do mundo, as maiores reservas de água doce do planeta e um terço das florestas tropicais que ainda restam na Terra.

Na página 31, o Atlas Brasileiro de Energia Solar informa que4 :

“Apesar das diferentes características climáticas observadas no Brasil, pode-se observar que a média anual de irradiação global apresenta boa uniformidade, com médias anuais relativamente altas em todo país. O valor máximo de irradiação global – 6,5 kWh/m2 – ocorre no norte do estado da Bahia, próximo à fronteira com o estado do Piauí. Essa área apresenta um clima semiárido com baixa precipitação ao longo do ano (aproximadamente 300 mm/ano) e a média anual de cobertura de nuvens mais baixa do Brasil. A menor irradiação solar global – 4,25 kWh/m2 – ocorre no litoral norte de Santa Catarina, caracterizado pela ocorrência de precipitação bem distribuída ao longo do ano. Os valores de irradiação solar global incidente em qualquer região do território brasileiro (4200-6700 Wh/m2 ) são superiores aos da maioria dos países da União Europeia, como Alemanha (900-1250 Wh/m2 ), França (900-1650 Wh/m2 ) e Espanha (1200-1850 Wh/m2 ), onde projetos para aproveitamento de recursos solares, alguns contando com fortes incentivos governamentais, são amplamente disseminados.”

Quanto aos painéi fotovoltaicos, observa-se grande tendência do governo federal a estabelecer subsídios para essa forma de geração de energia elétrica no País.

Em 2011, o Ministério de Minas e Energia divulgou um trabalho intitulado “Estudo e propostas de utilização de geração fotovoltaica conectada à rede, em particular em edificações urbanas”12. Esse estudo, que anexamos ao presente trabalho recomendando a sua leitura, apresenta um painel bastante completo em relação às possibilidades de desenvolvimento do uso de painéis solares fotovoltaicos no Brasil, incluindo “Proposta de Política de Incentivos para utilização de sistemas fotovoltaicos conectados à rede” (item 4.5 do referido documento).

Biomassa

Chamamos de biomassa materiais de origem orgânica que geralmente são desperdiçados em processos industriais. Ela pode ser aproveitada para produzir tanto calor como eletricidade. Existem projetos de geração termelétrica que utilizam como combustível o bagaço da cana – antes desprezado pela indústria do álcool e do açúcar – e outros que produzem energia a partir da queima da casca do arroz e dos resíduos da indústria do papel.

O biogás, obtido na decomposição do lixo orgânico, é outro exemplo de biomassa que pode ser utilizada na produção de energia. Desenvolvido em propriedades rurais dedicadas à suinocultura no Sul do país, numa região na divisa do Brasil com a Argentina, o Projeto Alto Uruguai tem como objetivo promover o uso de dejetos de suínos para alimentar biodigestores e, com o gás gerado, produzir energia elétrica. O biodigestor é um equipamento que transforma materiais diversos, como dejetos animais e resíduos vegetais, em biogás e adubo.

Deixe seu comentario sobre a empresa